Leandro Vandré Heineck

Guia de turismo

Guia de turismo

Nascido e criado em uma pequena cidade chamada Santa Helena, minha família e eu nos mudamos para Foz do Iguaçu em 1993 em busca de novas oportunidades. Aqui conheci minha esposa Erna, temos 2 filhas, Catharina e Madeline.

Trabalhando como Guia de turismo em Foz do Iguaçu desde 2005, a cidade também é o lugar onde iniciei minha carreira profissional. Trabalhei na hotelaria e como técnico na Secretaria de Turismo da Prefeitura Municipal, onde atuo em atividades relacionadas ao planejamento e gestão do turismo no município, profissão que tenho desde 2001 e que alterno/acomodo com meu trabalho como Guia de Turismo. Fui professor em cursos de graduação em turismo e em treinamento e qualificação dos guias de turismo.

Falo português, inglês e espanhol. Em 2005 me formei como Guia de turismo. Sou bacharel em Turismo (1997) e Bacharel em Direito (2013), pela Universidade estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE. Em 2002, recebi meu Diploma de Especialista em Ecoturismo pelo Centro de Estudos de Negócios e Desenvolvimento Tecnológico – CEDEMPT, com ênfase nos aspectos ambientais, geográficos, históricos e culturais da região do Parque Nacional do Iguaçu. Em 2017, terminei um curso de Gestão de Projetos e outros cursos de Desenvolvimento Territorial Integrado, ambos no Parque Tecnológico de Itaipu – PTI. Desde 2011 sou Conselheiro no Conselho Consultivo do Parque Nacional do Iguaçu (CONPARNI), representando o Município de Foz do Iguaçu.

Meu hobby são esportes e, claro, futebol. Sou naturalmente uma pessoa curiosa, que gosta de livros que contêm longas histórias, particularmente literatura fantástica. Como fã de cultura pop, estaria mentindo se dissesse que não sou louco por rock n roll, filmes, shows e personagens de quadrinhos. Mas, não pense que não aprecio boa música instrumental. Sou particularmente fã da música gaúcha que, com seus ritmos, melodias e poesias, é tão peculiar ao homem do interior do Brasil. Isso, afinal, representa minhas raízes mais profundas, que refletem a cultura de meus pais.

Além disso, sobre o meu trabalho como guia de turismo, mais do que uma fonte de renda, representa a oportunidade de conhecer diferentes pessoas, para quem me esforço em contribuir para a realização de uma experiência única e memorável, que, por sinal, as deslumbrantes Cataratas do Iguaçu tornam muito mais fácil.